Cansado da mesma dieta? Conheça esses cereais


Quando falamos de carboidratos, pensamos em frutas, sobremesas e cereais. No último grupo, os mais consumidos são tortilhas, pão, macarrão, arroz e batatas, mas há uma grande variedade de cereais que podemos incluir em nossa dieta.



Vou apresentar alguns cereais que não são tão comuns. Eles servem e algumas sugestões para consumi-los:



Quinoa: É um cereal rico em proteínas, é tão completo, que pertence a dois grupos de alimentos, proteínas e carboidratos. Tem uma boa quantidade de ferro, cálcio e muita fibra. Não tem glúten e cozinha rapidamente. Existem cores diferentes, selecione o que você mais gosta, o valor nutricional é semelhante. Há muitas receitas para prepará-lo, mas vou lhe dizer o que faço em casa: Hiervo quinoa em água com um pouco de sal, cebola e pimenta, quando o grão fica transparente (cerca de 10 minutos), deixo esfriar e refrido com o líquido de cozimento. Então você pode adicioná-lo a sopas, arroz e saladas. Você também pode consumir doce (Hiérvelo com leite de coco e amêndoas, é delicioso).



Amaranto: Assim como a quinoa, tem grandes quantidades de proteína, fibra, ferro e cálcio. Você pode consumi-lo em frutas, cereais com leite, atole, como alegria com mel ou chocolate amargo. Você também pode adicionar uma colher de amaranto à massa dos bolos quentes, pão com pão ou massa de panqueca. Cevada: Tem muita fibra, especialmente betaglucanos que ajudam a baixar o colesterol sangue Também possui vitamina C, B, zinco, magnésio, ferro e proteína, além disso, possui um aminoácido que aumenta a sensação de saciedade. Você pode prepará-lo como arroz ou adicioná-lo a sopa ou saladas.



Arroz selvagem: Realmente não é arroz, mas a forma do grão é semelhante. Tem uma boa quantidade de proteínas, fibras, vitaminas e magnésio. É mais difícil do que o arroz, por isso demora um pouco mais para cozinhar. Você pode encontrá-lo nos supermercados sozinho ou combinado com arroz normal. Para prepará-lo, você pode fervê-lo em água com sal, pimenta, cebola e alho. Precisa de duas vezes mais água para cozinhar. Você pode adicioná-lo ao arroz branco, saladas, carne moída (tipo picadillo) ou você pode encher abobrinha ou chiles poblano com arroz selvagem e queijo.



Tapioca: Esta comida tem carboidratos e muito pouca proteína, pequenas quantidades de vitaminas e minerais, mas é uma ótima opção para pessoas que não consomem glúten. Ultimamente vemos em chás, smoothies e outras bebidas de designer. São pérolas brancas que, quando cozinham, tornam-se transparentes, o que as torna muito marcantes, especialmente para as crianças. Pode ser adicionado a sopas ou transformado em doce, como arroz doce (você pode usar leite de coco ou amêndoa e nozes). Você também pode prepará-lo como farinha de aveia no café da manhã, adicionando frutas.



Camote: adição de hidratos de carbono, tem fibra, vitamina C e A, bem como antioxidante. Você pode usá-lo como batatas, cozido e picado com um pouco de sal e pimenta e mash, assim como as batatas. No México é comumente consumido em doce, você pode cozinhá-lo com BC açúcar e canela, é uma sobremesa deliciosa.



Certamente você vai ser ansiava por mais do que um, então incluí-los em sua lista de compras e julgá-los, você vai melhorar o valor nutricional de suas refeições e também, a apresentação. Se você quiser mais informações ou sugestões de preparação, não hesite em entrar em contato comigo no Twitter ou no Facebook.

Tecnologia do Blogger.